segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Aeronave da Azul faz pouso por engano em aeroporto privado de Timon-MA

  



    Um voo da Azul Linhas Aéreas que partiu de Fortaleza, no Ceará, com destino ao Piauí neste domingo (30) acabou pousando por “engano” em um aeroporto privado de Timon, no Maranhão. A "visita" surpresa causou espanto em quem estava próximo à pista. “Quando eu vi foi aquela ‘zuada’ no fim da pista, vi ele fazendo o retorno, parou por 2 ou 3 minutos e pegou voo novamente”, relatou o vigia do local, Francisco Vieira Sobrinho.



    O avião era um moderno 190 da Embraer com 80 passageiros e 4 tripulantes. A distância entre a pista de propriedade particular e o aeroporto de Teresina é tão pequena (6 km), que a carta que os pilotos recebem para fazer um pouso visual mostra as duas pistas.
    Sobre o incidente, a Infraero afirmou que não teve nenhuma responsabilidade, o aeroporto de Teresina estava preparado para receber o avião. “Essa infra-estrutura estava totalmente disponível, cabe à companhia aérea fazer suas investigações e suas avaliações”, disse o Superintendente da Infraero, Wilson Estrela Oliveira.
     Esta não foi a primeira vez que um incidente como este aconteceu aqui. Segundo a Infraero, há dez anos outro avião de passageiros que vinha aqui para Teresina também pousou, por engano, na cidade vizinha de Timon. As duas cidades são separadas apenas pelo rio Parnaíba.
    A Azul Linhas Aéreas informou, em nota , que o pouso no aeroporto errado aconteceu devido uma falha operacional - expressão que, no mundo aeronáutico, costuma ser entendida como admissão de erro do piloto.
Fonte: globo.com


segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Mais Linhas Aéreas

      Mais Linhas Aéreas companhia aérea brasileira com sede e base operacional no Rio de Janeiro - RJ.
     Em fase de implatação, deverá voar com 2 aeronaves Fokker F-28 do Rio de Janeiro para diversas cidades brasileiras, porém seus destinos ainda não foram confirmados.

     O Fokker F28 é uma aeronave de porte médio projetada e construída pela indústria aeronáutica holandesa Fokker para atender mercados domésticos e regionais.
      Birreator a jato para 65 passageiros, motorização Rolls-Royce.


   Características

Tipo
Fabricante
Capacidade
65 passageiros
Comprimento
27,40 metros
25,07 metros
Altura
8,47 metros
Velocidade máxima
678 Km/h a 843 Km/h km/h
Altura máxima de voo
12.575 metros
Peso máx. decolagem
33.110 kg







sábado, 22 de outubro de 2011

HIDROAVIÃO


     Hidroavião é um aeroplano preparado para descolar e pousar ("amarar" ou "amerissar") sobre a superfície da água.
      Existem dois tipos principais de hidroaviões: os que têm flutuadores em lugar de rodas e o tipo nos quais a própria fuselagem faz o papel de casco. Contudo, existe também uma terceira categoria, a dos aviões anfíbios.

Aviões anfíbios

    Um hidroavião puro apenas pode decolar e pousar na água. As aeronaves que podem decolar e pousar tanto na água como em terra são, mais apropriadamente, designadas por "aviões anfíbios". Os aviões anfíbios apresentam um aspecto e características semelhantes aos Hidroaviões, apenas com a diferença de terem rodas para pouso em terra, além do casco ou dos flutuadores para pouso na água.

  • Beriev Be 200







  • Beriev Be 103






  • Dornier D-2 Seastar





Hidroaviões de flutuadores

      Os hidroaviões deste tipo utilizam flutuadores em lugar de um trem de pouso convencional, sendo que a sua fuselagem não chega a tocar na água. Normalmente estão equipados com dois flutuadores, mas alguns antigos hidroaviões deste tipo dispunham de um único grande flutuador colocado centralmente por baixo da fuselagem, auxiliado por dois outros menores debaixo de cada asa.

  • De Havilland Canada DHC-6-300 Twin Otter



  • De Havilland Canada DHC-3T Vazar Turbine Otter





Hidroaviões de casco

      Neste tipo de hidroaviões, a flutuabilidade é proporcionada pela própria fuselagem que tem a forma do casco de uma embarcação. A maioria dispôe de flutuadores menores nas asas que ajudam à sua estabilidade. Na língua inglesa, estes hidroaviões são conhecidos por "flying boats" (literalmente "barcos voadores").






terça-feira, 18 de outubro de 2011

Vídeo Incrível - Vôos Rasantes

Os 10 vôos rasantes mais impressionantes de todos os tempos

video



sexta-feira, 14 de outubro de 2011

AVIAÇÃO AGRÍCOLA

      A aviação agrícola foi inventada pelo agente florestal alemão Alfred Zimmermann em 29/03/1911,mas só teve aplicação comercial nos EUA, em 1921. Nessa ocasião, o inseticida era jogado de um saco, por um segundo passageiro. O primeiro avião projetado especificamente para uso agrícola foi o AG-1, desenvolvido em 1950 nos EUA.

        No Brasil, o primeiro voo agrícola deu-se em 1947, no Rio Grande do Sul, na região de Pelotas, no combate a uma praga de gafanhotos, com a Aeronave MUNIZ, modelo M-9, bi-plano de fabricação nacional, prefixo GAP, monomotor de 190 HP, autonomia de vôo de 4 horas, equipada com depósito metálico, constituído em dois compartimentos em forma de moéga e dosador próprio, controlado pelo piloto com capacidade de carga de aproximadamente 100 kg, tendo ainda o apoio técnico do Engenheiro Agrônomo Leôncio Fontelles, na aplicação de BHC. O voo aconteceu no dia 19 de agosto daquele ano. Este dia foi instituído como o Dia Nacional da Aviação Agrícola, e o piloto civil Clóvis Candiota, que realizou o voo, é considerado o Patrono da Aviação Agrícola.

       Aviação Agrícola é um serviço especializado, regulamentado pelo Ministério da Agricultura e do Abastecimento e pelo Ministério da Aeronáutica.


Ipanema

Ipanema

video
Ipanema Avião Agrícola Brasileiro Esquiando

video
Aviação Agrícola usada no combate a incêndios

       Atividades Exercidas pela Aviação Agrícola:

  • Emprego de defensivos agrícolas, sólidos e líquidos
  • Emprego de fertilizantes
  • Semeadura
  • Povoamento de águas
  • Combate a incêndios
  • Combate a vetores
  • Nucleação de nuvens e outros

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Decolagem Incrível

Local: Aeroporto Internacional Pinto Martins - CE
Aeronave: Boeing 737-800
Companhia: Gol Linhas Aéreas
Voo: Fortaleza - São Luís
Dia: 24/07/2011 às 10:00h


video
                                                 Vídeo by Wlisses Pinheiro



sábado, 8 de outubro de 2011

Helicópteros e Girocópteros

 Quando tiveres provado a sensação de voar, andarás na terra com os olhos voltados para o céu, onde esteve e para onde desejarás voltar
Leonardo Da Vinci



















domingo, 2 de outubro de 2011

Clássicos - Beechcraft Bonanza


O Beechcraft Bonanza é uma das mais significativas aeronaves civis da história da aviação.




O Beechcraft V-35 Bonanza nasceu em 1947 , tendo como principal entusiasta o próprio Walter Beech, na época o proprietário da marca. A versão alongada e melhorada do Bonanza V-35, chamada Bonanza A-36, ainda continua a ser produzida em Wichita no Kansas - EUA, mas agora sob a nova denominação G-36, como avião de turismo ou avião de negócios privado.



Na verdade, a forma geral da aeronave pouco evoluiu, mesmo que a empenagem em V (borboleta) tenha sido substituída por empenagem convencional. Além disso, aumentou-se a potência, para atingir os 285 ou 300 HP, e a capacidade passou para 6 (seis) lugares, incluindo o piloto.


O sistema elétrico de 24 volts foi implantado nos modelos Bonanza a partir da década de 80, viabilizando a instalação de quantidade maior de aviônicos de navegação, em relação aos modelos anteriores.
Com mais de 17 mil exemplares construídos, considerando todas as versões do Beech Bonanza, é o monomotor com trem de aterragem retráctil de produção mais elevada em todo a história da aviação. A robustez dessa aeronave continua a ser lendária, assim como o conforto da pilotagem e o bom acabamento.


















Ficha técnica



  • Comprimento mínimo de pista necessário para decolagem : 850 metros (lotado / dias quentes / tanques cheios);
  • Capacidade: 1 (um) piloto e 5 (cinco) passageiros;
  • Motorização: Continental IO 550 Aspirado (300 HP);
  • Teto de serviço: 5.000 metros;
  • Velocidade de Cruzeiro: 300 km/h;
  • Consumo de combustível (MTOW): 65 Litros / hora (85% potência);

Fonte: Wikipédia
            Airliners.net