domingo, 20 de outubro de 2013

Conheça o TBM 850, avião da Daher - Socata que chega a 593 km/h.


             

                      Monomotor, turbo hélice de alto desempenho, o TBM 850 é o nome da produção para o TBM 700N, uma versão melhorada com o mais poderoso Pratt & Whitney PT6A-66D motor (634 kW). O TBM 850 é limitado a 700 shp (522 kW) para pouso e decolagem, mas em vôo de cruzeiro a potência do motor pode ser aumentada para 850 shp (634 kW). Esta energia extra dá uma velocidade de cruzeiro maior do que os TBM 700, especialmente em altas altitudes (devido ao flat-classificação). A aparência exterior da TBM 850 manteve-se a mesma que a do TBM 700. O TBM 850 tem um alcance típico de 1.520 milhas náuticas (2,820 km).







Versões:


TBM 700A
Versão inicial de produção com um Pratt & Whitney Canada PT6A-64 motor turboélice.
TBM 700B
Variante com porta de entrada de largura, aumento de peso zero combustível máxima e outras melhorias.
TBM 700C1
Versão melhorada com compartimento traseiro sem pressão de carga, estrutura reforçada, novo sistema de ar condicionado e outras melhorias.
TBM 700C2
C1 com o aumento do peso máximo à descolagem.
TBM 700N
Variante com maior cruzeiro / subida de potência máxima, um Pratt & Whitney Canada PT6A-66D motor turboélice, produzido como o TBM850
TBM 850
Nome da produção para o 700N TBM.
TBM 850 Elite
Uma versão atualizada do TBM 850, que custa US $ 3,2 milhões.



Interior






Motor



     Glass Cockpit






Especificações:

  • Tripulação: 1 ou 2 pilotos
  • Capacidade: 4-6 (incluindo um passageiro na cabina, se não houver co-piloto)
  • Comprimento: 10.65m (34 ft 11 in)
  • Wingspan : 12.68m (41 ft 7 in)
  • Altura: 4.36m (14 ft 3 in)
  • Área da asa: 18m ² (193,7 pés ²)
  • Peso Vazio: 2.132 kg (4.699 £)
  • Max. peso de decolagem : 3.354 kg (7.394 £)
  • Motopropulsor : 1 × Pratt & Whitney Canada PT6 A-66D turboélice , 634 kW (850 hp)
  • Max carga de combustível cheio: 385 kg (£ 849)




Fonte: Airlinesnet
           Wikipedia

terça-feira, 7 de maio de 2013

Olhares


A coluna Olhares foi idealizada para mostrar como a aviação é vista sob o olhar das pessoas, mostrando sobretudo, o que mais lhe chamam  atenção em suas viagens. 

Hoje, a aviação sob o olhar de Willian Pereira, em sua mais recente viagem pelo Nordeste Brasileiro, em suas imagens podemos ver, aviões no gate, aviação geral, aviação de carga, litoral baiano, lençóis maranhenses entre outras.


                                                                                                                              
Avião

Lentamente acomodar
Jornal ou revista pra distrair
Balas, gomas pra mascar
Tripulação elegante e gentilezas à distribuir
Sinais e avisos de segurança à informar
Em idiomas diversos repetir
Mas, na hora de subir,
Cada um aperta a parte que puder
Seja o pé , a mão, os dentes ou o que mais quiser
Criança, adulto, homem ou mulher .
De repente tudo se acalma
Pelo esquecimento da subida.
Ao sinal , indicações de turbulência
Novamente o aperto interno
Oportunidade que passa no ar
Pedidos e orações de toda ordem
Para amarrar o avião no ar
E não deixar cair
Ou cair só do lado em que eu não estiver.
Passada a turbulência  serei o mais feliz
E evitarei viajar de avião
Logo vem aterrizagem, que sufoco
Ao aproximar da pista há balanço nas laterais
Parece que não vai conseguir  colocar suas rodinhas no lugar
De repente consegue, seguido de um barulho infernal
Pra conseguir freiar, parece que vai explodir
Sem conseguir parar,
Segue os pedidos e orações
Que se dessa escapar , nunca mais viajar.
Ao retornar, ...bom mesmo é viajar.
  

Boeing 737-700

Boeing 737-800

Embraer 195

Seneca

Litoral

737-700

737-700

Litoral

Área Urbanizada

737-700

737-700

737-700

Lençóis Maranhenses

Lençóis Maranhenses

Lençóis Maranhenses




Aviação Geral


Aeroporto


Airbus A320

Airbus A320



Fotos: Pereira, Willian, 2013.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Conheça o avião da Ferrari, considerado o turboélice mais rápido do mundo.


PIAGGIO AVANTI II P180




O Piaggio Avanti II P180, é um avião bimotor turboélice, fabricado pela italiana Piaggio Aero, empresa essa, que tem como acionista a Scuderia Ferrari, sendo esse, o único avião a carregar o cavalo símbolo da mesma.
Tem capacidade para até nove passageiros em uma cabine pressurizada e pode ser pilotado por um ou dois pilotos. 




O principal diferencial deste avião é seu desempenho, que se assemelha ao de um jatinho, mesmo sendo impulsionado por um sistema turboélice. Isso faz com que a aeronave tenha consumo cerca de 30% menor do que um avião a jato.


O projeto da aeronave, utiliza uma pequena asa dianteira e uma combinação de asa principal que coloca as longarinas de asas para fora da área da cabine de passageiros. 





A aeronave, tem alcance de 2.700 km, voa a 41 mil metros de altura  e atinge a incrível velocidade de 745 km/h. Mas não é só o no desempenho que o modelo impressiona. Por dentro o espaço é muito bem aproveitado para tornar a viagem dos passageiros o mais confortável possível.





O cockpit é menor do que o de outras aeronaves do mesmo porte. Mesmo assim, acomoda bem e de maneira organizada todos os comandos. As informações de altitude, localização e navegação são exibidas em telas planas de LCD, assim como os indicadores dos sistemas anticolisão (TCAS) e o sensor de proximidade do solo (TAWS).






No Brasil, a venda desta aeronave, fica a cargo da Algar Aviation, que tem como objetivo vender cinco modelos até 2014. Pode parecer uma meta baixa, mas quando se trata de um produto de R$ 7,1 milhões, não é. Para facilitar a operação, a empresa comprou uma unidade que está sendo usada em demonstrações com clientes e em feiras de aviação. Até agora, o único brasileiro proprietário da aeronave é o piloto Felipe Massa, que usa o Piaggio P180 Avanti II para cumprir o extenso e agitado calendário da Fórmula 1.








Matéria do Auto Esporte


video





Fonte: Airlines net
          Wikipédia