quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

MC-10 CRI-CRI, agora é a vez de conhecer o menor avião do mundo.



A construção dessa pequena aeronave deve-se ao designer Michel Colomban. Os estudos para a concepção do projeto do Cri Cri ocorreram a partir de 1971. O objetivo do designer, era construir uma aeronave acrobática pequena, com dois motores de 2 tempos de 200 cc, econômica e de baixo custo. O valor da aeronave deveria ser um valor não superior à mil dólares, vale ressaltar que esses valores são referentes à década de 70. Michel levou aproximadamente 1500 horas para construir o seu primeiro Cri Cri. 






Esse nome no mínimo engraçado foi dado pela filha do inventor, devido ao seu tamanho e pelo barulho que os motores emitiam. A nomenclatura real dele é, MC-10 CRI-CRI. É um bimotor todo metálico. Sua fuselagem tem apenas 60 cm de largura no ponto mais largo. A asa é toda metálica com apenas 4,9 metros de envergadura e é dotada de flaperons. O manche é tipo bastão e os motores são instalados em dois berços na dianteira, estão muito próximos um do outro oque compensa a diferença de impulso em caso de parada de um dos motores.












O primeiro vôo foi realizado em 19 de julho de 1973 pelo piloto de teste Robert Buisson, sobre aeroporto de Guyancour, a poucos quilometros de París. 



Recentemente, o piloto Huques Duval expôs na Feira de Aviação de Paris  uma versão 100 % elétrico. A aeronave de Huques, ostenta o recorde mundial de velocidade para um avião elétrico, depois de ter atingido a marca de 262 Km/h.





Vídeos

video


video

Fonte: Airlines net








Nenhum comentário:

Postar um comentário