segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

AMX - Avião de Ataque

   



O AMX International AMX, ou simplesmente AMX é um avião de ataque ar-superfície usado para missões de interdição, apoio aéreo aproximado e reconhecimento aéreo. Foi desenvolvido pelo consórcio internacional AMX Internacional. Na Força Aérea Brasileira, ele é designado A-1. Na Itália, ele tem o apelido de "Ghibli".







   O AMX é capaz de operar em altas velocidades subsônicas a baixa altitude, tanto de dia quanto de noite, e se necessário, a partir de bases pouco equipadas ou com pistas danificadas. O caça conta com relativamente baixa assinatura em infravermelho e reduzida secção frontal ao radar, para melhorar seu percentual de sucesso nas missões. A auto-defesa é proporcionada por mísseis ar-arcanhões integrados e sistemas de contramedidas eletrônicas.







video

CARACTERÍSTICAS
  • Tripulantes: 1 - AMX, 2 - AMX-T (Versão biplace de treinamento/operacional)
  • Comprimento: 13,23 m
  • Envergadura: 8,87 m
  • Altura: 4,55 m
  • Peso vazio: 6.730 kg
  • Peso carregado: 10.750 kg
  • Peso máximo: 13.000 kg
  • Motor: um turbofan Rolls-Royce Spey 807
  • Empuxo: 4994 kgf (11.000 lbf)
Desempenho
  • Velocidade máxima: 1.020 km/h
  • Alcance: 3.330 km
  • Teto de serviço: 13.000 m (42.600 pés)
  • Razão de ascensão: 10.240 pés/min
  • Relação empuxo/peso: 0,47
Armamento
  • 1 canhão rotativo de 20 mm M61 Vulcan (aviões italianos) ou
  • 2 canhões de 30 mm DEFA 554 (aviões brasileiros)
  • mísseis ar-ar AIM-9 Sidewinder ou MAA-1 Piranha nos trilhos das pontas das asas
  • 3.800 kg de carga bélica em 5 pontos duros, incluindo bombas de emprego geral e bombas guiadas por laser, mísseis ar-superfície, foguetes e pods de reconhecimento.

Fonte: Wikipedia
           Airlines net


Nenhum comentário:

Postar um comentário