sexta-feira, 14 de outubro de 2011

AVIAÇÃO AGRÍCOLA

      A aviação agrícola foi inventada pelo agente florestal alemão Alfred Zimmermann em 29/03/1911,mas só teve aplicação comercial nos EUA, em 1921. Nessa ocasião, o inseticida era jogado de um saco, por um segundo passageiro. O primeiro avião projetado especificamente para uso agrícola foi o AG-1, desenvolvido em 1950 nos EUA.

        No Brasil, o primeiro voo agrícola deu-se em 1947, no Rio Grande do Sul, na região de Pelotas, no combate a uma praga de gafanhotos, com a Aeronave MUNIZ, modelo M-9, bi-plano de fabricação nacional, prefixo GAP, monomotor de 190 HP, autonomia de vôo de 4 horas, equipada com depósito metálico, constituído em dois compartimentos em forma de moéga e dosador próprio, controlado pelo piloto com capacidade de carga de aproximadamente 100 kg, tendo ainda o apoio técnico do Engenheiro Agrônomo Leôncio Fontelles, na aplicação de BHC. O voo aconteceu no dia 19 de agosto daquele ano. Este dia foi instituído como o Dia Nacional da Aviação Agrícola, e o piloto civil Clóvis Candiota, que realizou o voo, é considerado o Patrono da Aviação Agrícola.

       Aviação Agrícola é um serviço especializado, regulamentado pelo Ministério da Agricultura e do Abastecimento e pelo Ministério da Aeronáutica.


Ipanema

Ipanema

video
Ipanema Avião Agrícola Brasileiro Esquiando

video
Aviação Agrícola usada no combate a incêndios

       Atividades Exercidas pela Aviação Agrícola:

  • Emprego de defensivos agrícolas, sólidos e líquidos
  • Emprego de fertilizantes
  • Semeadura
  • Povoamento de águas
  • Combate a incêndios
  • Combate a vetores
  • Nucleação de nuvens e outros

Um comentário: